InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 [Anime/Review] Aku no Hana

Ir em baixo 
AutorMensagem
Kazuya
Wolf
Wolf
avatar

Masculino Idade : 24
Mensagens : 1906

MensagemAssunto: [Anime/Review] Aku no Hana   Sex 5 Out 2018 - 12:08

Citação :
AKU NO HANA

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Título: Aku no Hana
Gênero: Drama, psicológico
Nº de episódios: 13

Kasuga Takao é um jovem apaixonado por livros, especialmente por Flores do Mal de Charles Baudelaire (daí o título do anime, Aku no Hana significa Flor do Mal em japonês), apaixonado também por sua colega de classe, Saeki Nanako, a quem considera sua musa e a enxerga como sendo um anjo, admirando-a de longe. Um dia, depois da escola, Takao esquece seu precioso livro na sala de aula e volta para pegá-lo, ele vê então que Saeki esqueceu suas roupas de ginástica, Takao pensa em roubá-las, ele tenta se convencer de que aquilo é errado, tenta impedir a si mesmo, mas de maneira impulsiva, acaba roubando-as (o que equivale a roubo de roupas íntimas no Japão). Sua outra colega, Nakamura Sawa testemunha o ocorrido e começa a chantageá-lo, dizendo que irá contar para todo mundo o que ele fez a não ser que ele faça tudo que ela mandar.

 Fui introduzido a Aku no Hana pela primeira vez por um vídeo no youtube que não entra em detalhes sobre o anime, apenas dá uma breve sinopse e toca a música de encerramento que é bem bizarra, de dar arrepios, parece ser trilha sonora de um filme de terror. Por causa dessa música, achei que seria um anime de suspense ou terror e que em algum ponto da história, algo de sobrenatural iria acontecer ou algo típico de um thriller. A última coisa que passaria pela minha cabeça é que esse seria um anime slice of life com suspense. Todo o clima do anime no início dá a impressão de que algo horrível vai acontecer. Mas apesar do anime não ter nada a ver com o que eu esperava, certamente, não me arrependi de ter assistido.

Sawa insiste que Takao é um pervertido apesar de ele estar sempre negando. É difícil de entender o que se passa pela cabeça dela. Você fica curioso para saber o que ela está tramando. “Será que ela gosta do Kasuga?”, “Se diverte ao torturar os outros?” “Ou será que ela só é uma doida varrida mesmo?” São perguntas que podem passar pela sua cabeça. Já no início fica bem explícito que ela é uma personagem cheia de feridas internas, mas é difícil de dizer exatamente o que aconteceu com ela. Sawa diz que seu objetivo é “derrubar as paredes que Takao construiu ao redor de si mesmo”. É uma personagem antipática, rebelde, boca suja e que faz da vida de Takao um inferno, mandando ele fazer as coisas mais malucas possíveis. O seu desprezo pela sociedade e por todos a sua volta fica bem explícito.

Sawa insiste que Takao é um pervertido apesar de ele estar sempre negando. É difícil de entender o que se passa pela cabeça dela. Você fica curioso para saber o que ela está tramando. “Será que ela gosta do Kasuga?”, “Se diverte ao torturar os outros?” “Ou será que ela só é uma doida varrida mesmo?” São perguntas que podem passar pela sua cabeça. Já no início fica bem explícito que ela é uma personagem cheia de feridas internas, mas é difícil de dizer exatamente o que aconteceu com ela. Sawa diz que seu objetivo é “derrubar as paredes que Takao construiu ao redor de si mesmo”. É uma personagem antipática, rebelde, boca suja e que faz da vida de Takao um inferno, mandando ele fazer as coisas mais malucas possíveis. O seu desprezo pela sociedade e por todos a sua volta fica bem explícito.

O que não gostei em se tratando da animação foi o fato dos personagens não terem rosto quando mostrados a alguns metros de distância, isso ficou tosco, principalmente quando eles falam, cria uma cena esquisita. Outro fato negativo é a animação tremida, mas isso não chegou a me incomodar. 

 Pois é, o anime não tem fim. Esse é o pior aspecto do anime na minha opinião. E uma segunda temporada ainda não foi anunciada. O jeito é ler o mangá para ver a continuação.

 Apesar da simplicidade da história, ela te intriga e te deixa curioso para saber o que vai acontecer e como vai se desenvolver. 

 A história pode ser meio esquisita e nonsense no início, mas conforme ela vai se desenvolvendo, você vê que Aku no Hana trata essencialmente da vida de pessoas entediadas vivendo no vazio e na insignificância, forçadas a reprimir suas emoções e da sua incessante busca por uma vida mais significativa. Isso fica cada vez mais claro ao longo dos episódios. Trata-se de um processo de autodescoberta. Kasuga tem uma ideia do tipo de pessoa que ele é, mas ao longo do anime vai descobrindo o que ele REALMENTE é. Será que ele realmente é um pervertido como a Nakamura fica insistindo? 

  Concluindo, se você gosta do gênero drama e de animes maduros, introspectivos e realistas, então Aku no Hana é uma excelente pedida. Mesmo sem ter um final, vale a pena assistir, e se gostar, leia o mangá para ver como essa história continua.






--------------------------------------------------------------------------------
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Anime/Review] Aku no Hana
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Anime Friends 2010
» Anime Friends 2012
» Anime Friends 2013
» Review Revolution - Cloth Myth Ex Shura de Capricórnio
» [Comentários] King Model Seiya de Pégasus V1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
(( Família :: Animes )) - Onde Todos somos uma Familia! :: Cultura Oriental :: Animes / Mangás :: Animes-
Ir para: